Violência contra a mulher, em uma reunião com mulheres

Violência contra a mulher, em uma reunião com mulheres

23 de agosto de 2018 Blog 0

Primeiramente, como é bom voltar para a vida normal!

Estava em uma reunião que me comprovou porque eu não me sentia bem nesse ambiente. A certa altura, o cara que nunca fez nada digno de nota começou a xingar descontroladamente uma representante do sexo feminino (que não estava presente) de piranha, vagabunda, vadia, falta “daquilo”, mal amada, ressentida e incompetente. E outro acrescenta que se tiver chance, partiria para a violência contra ela. O pior, a responsabilidade desse ocorrido é conjunta, de todos, não só da “piranha”. Qual é o motivo pelo qual os homens falam da nossa sexualidade, para nos ofenderem? Sim, é essa cultura machista na qual estamos inseridos.

Detalhe, tinha pelo menos mais 10 mulheres na sala. E eu fiquei calada. As outras mulheres também. Faltou sororidade. No meu caso, sabe porque? Por que não adianta perder meu tempo e minha energia com gente babaca, ainda mais em público. Deixa ele ser misógino, raivoso e mal amado lá no canto dele, porque pessoas machistas não mudam de opinião do dia pra noite, ainda mais quando passam de uma certa idade (ou seja, são velhos). Só tenho pena da familia dele, conviver com uma pessoa ignorante como essa não deve ser fácil, e eu sei que é meio desequilibrado emocionalmente, então preferi me eximir, pois não tenho nada a ver com isso.

Eu já enfrento o machismo diariamente no meu trabalho, pois afinal, como é possivel eu ser tão bonita E inteligente? Doce E competente? Gentil E profissional? É muita ousadia uma moça como eu ser tão eficiente e hábil na minha gestão, e entendo que muitos homens (assim como mulheres) devem ficar perplexos com os resultados que obtenho. Porque eu não preciso abrir mão da minha energia feminina para ter sucesso nessa vida e na minha carreira. Exijo e demando respeito. Bjs.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *