Primo Rico, mas nem tanto

Primo Rico, mas nem tanto

11 de abril de 2020 Blog 0

Ultimamente tenho me dedicado muito mais aos estudos, porque na verdade, tinha um curso (super caro e exclusivo) parado faz 2 anos, e como nessa pandemia vou ter que me reinventar, voltei aos estudos com dedicação, e estou participando desse desafio de 21 dias do Thiago Nigro, o Primo Rico. Admiro o cara porque ele faz muita coisa para divulgar a educação financeira no Brasil.

Em um país no qual a média de endividamento dos cidadãos é de R$ 2.600,00; 90% dos brasileiros acham que poupança é investimento e 6 entre cada 10 brasileiros NÃO se preparam para a aposentadoria, precisamos muito, realmente demais de educação financeira. E eu acompanho o trabalho dele, gosto, acho corajoso divulgar os valores de investimentos que ele possui publicamente, nos videos do Youtube – e ainda por cima continuar morando no Brasil!! hahaha.

Mas por outro lado, é um cara que vai pra fazenda ver plantação de milho enquanto estamos em isolamento social. Provavelmente ele não está respeitando essa questão básica de cidadania. E também divulga esse preconceito que aqueles que não se esforçam, é porque fazem “mimimi” então merecem o que tem (ou não tem). Tipo “se você é mimimi, esse video nao é pra você, pode sair!”. Que pensamento patético!

Eu não julgo as pessoas. Imagino que cada um tem sua particularidade e tem seu caminho próprio e não nos cabe prejulgar o outro, se ele faz mimimi ou não. Admiro sim a história de pessoas que catavam lixo, iam pra escola andando 10 km na estrada de terra, sofreram pra caramba e ficaram milionários. Contudo, não concordo que todas as pessoas devem passar pelo mesmo sofrimento para crescerem na vida. A vida deveria ser mais justa para todos os brasileiros e brasileiras. Mas o mundo é injusto e não melhorou. Pelo contrário, só piora.

Hoje o Nigro está fazendo uma live no Youtube com mais de 50.000 pessoas, trouxe o Flavio Augusto, o Alexandre Birman, João Adibe e o Guilherme Benchimol para participar ao vivo. Está arrecadando “doações” para o covid19, mas na verdade, ele não conhece e nem acompanha os trabalhos solidários que estão acontecendo no Brasil e no mundo todo. Na verdade, eu creio que ele pouco se importa.

O Flavio Augusto e o Benchimol toparam na hora e vão doar R$ 100.000,00 cada. Sabe quanto o Thiago vai doar?? R$ 15.000,00. E ainda se esquivou dos comentários do Flavio Augusto, que sutilmente pediu pra ele aumentar essa doação. O cara deve realmente estar convencido que a iniciativa de organizar uma live vale muito mais do que uma doação financeira. Ele realmente é muito rico financeiramente, mas no coração, nem tanto. Bjs.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *