Blog

Um adeus dolorido

Quando abri o meu face, confesso que fiquei chocada com a noticia do falecimento. Uma amiga tão querida, que conviveu tanto comigo, por muitos anos de Seinen, e eu nao sabia que ela estava internada novamente, não apoiei a familia, não tinha nenhum conhecimento do que ela estava passando hoje. Naquele momento, pensei, “em que mundo…
Leia mais


15 de fevereiro de 2014 1

O lobo x o homem

Assisti “O Lobo de Wall Street” por algumas razoes. Pela direção do Scorsese, pelas criticas positivas e pelo Leonardo de Caprio. Em uma unica palavra: odiei. Mais ainda depois que pesquisei um pouco sobre Jordan Belfort, o que aumentou minha repugnância e nojo. O filme conta a história do citado acima, que era um pé…
Leia mais


15 de fevereiro de 2014 0

Presos na gaiola

Acabei de ler 2 vezes o livro da Mirian Goldenberg. Muitas reflexoes e inspiração para escrever alguns posts. No livro, a Mirian fala do sociólogo Zygmunt Bauman, para quem existem dois valores absolutamente indispensáveis para uma vida feliz: segurança e liberdade. Segurança sem liberdade é escravidão. Liberdade sem segurança é o caos. A questão é,…
Leia mais


14 de fevereiro de 2014 0

O encanto em forma de filme

Estava em Curitiba, tranquila, frente a um dilema (nada) cruel. Ir numa festa ou ir ao cinema? Pra quem me conhece, já deve saber a resposta: filme (sempre). E fui assistir “A Menina que Roubava Livros“. É simplesmente encantador, maravilhoso. Amei tudo: atores, roteiro, figurino, contexto histórico. Conta a vida da Liesel, uma menina órfã…
Leia mais


13 de fevereiro de 2014 0

Somos parte de algo maior

Nos últimos dias, assisti umas três vezes ao documentário “Eu Maior“, que fala sobre a busca de autoconsciência. Recomendo para todos, é muito emocionante. Afinal, posso afirmar categoricamente que levei toda minha vida para me entender. E hoje estou no caminho, e essa é uma busca que nunca acaba, já que novas perguntas levam a…
Leia mais


12 de fevereiro de 2014 0

Carta aberta de um coração remendado

Hoje, meses depois, admito. Estava muito dificil, dolorido demais, truncado. Precisava mesmo te esquecer. Ao mesmo tempo, sentia muita alegria, leveza, felicidade extrema. Paradoxo. Como pode algo ser tao bom e tão ruim ao mesmo tempo? Não tive escolha, resolvi deixar voce para trás. O passado passou e nao volta mais. O sentimento que transbordava…
Leia mais


28 de janeiro de 2014 1

Resumindo, eu não sou mulher-fruta

Esses dias estive de ferias no Rio. Foi uma viagem excelente e super maravilhosa. Porém, entretanto, todavia, contudo, os caras (chatos) não me deixavam em paz, toda hora com gracinhas e idiotices. Nessas horas, ficava me perguntando: “P#%&@, será que nunca viram uma japonesa??” (alias, só pra constar, eu me considero brasileira). Segundo a P,…
Leia mais


27 de janeiro de 2014 0

Status: de ferias

Tirei ferias pela primeira vez em muito tempo. Fui para o Rio de Janeiro sozinha. O B nao acredita, mas eu juro que fui sozinha! Fiquei lá uma semana, vivendo a vida de rainha que toda mulher merece: acordar cedo, tomar cafe da manha, ir para a praia, ficar lá tranquila com minha água de…
Leia mais


26 de janeiro de 2014 0

O essencial que é invisível aos olhos

Imagina por um momento, não ter um lugar para voltar no final do dia. Nao ter uma cama para deitar. Nao ter comida na mesa. Alias, nao ter nada, nem mesa, nem cama, nem casa. Não ter uma família para te apoiar. Ser ignorado todos os dias, horas e minutos. As pessoas desviando de você na…
Leia mais


22 de janeiro de 2014 0

Karaoke (muito) maluco no Bom Retiro

Imagina a cena, depois da gente tomar café, jantar no japones, beber no izakaya (eu bebi muito…mugui chá hahaha), o Y decidiu que queria porque queria ir no karaoke. E ele só gosta de karaoke box. Liguei no PorqueSim, liguei no Kampai, sem horario, tudo ocupado, afinal, sexta feira de noite né. Entao ele decidiu…
Leia mais


19 de dezembro de 2013 0

Destino ou coincidência?

Estava voltando pra casa pelo mesmo caminho. De repente, decidi mudar meu caminho e voltei de metro. Na saida da estação, encontrei um morador de rua que ja tinha ajudado outro dia, mas em outro lugar, não nessa estação. Ele tem um cachorrinho, agora são dois. Ele ficava na porta do metro, pedindo ajuda. Todos…
Leia mais


18 de dezembro de 2013 0

Quando o corpo nao responde

Sempre falo pras pessoas: o mais importante na vida é a saude. Hoje aconteceu algo muito estranho. De manha, quando cheguei no escritório, achei que nao estava conseguindo enxergar direito. A minha visão estava meio embaçada e isso nunca aconteceu comigo. Estranhei, entao resolvi almoçar cedo, porque achei que era fome. Comi arroz, feijao e…
Leia mais


17 de dezembro de 2013 0

Uma sempai perdida no meio dos kohais

Why not ainda existe e ficou muito legal! Esse ano, pela primeira vez em muitos anos, fui na Revi. Feriado, dia bonito, curiosidade, porque nao? Acho que faz uns 10 anos que nao participava do evento! Revi é o Fórum Nacional de Jovens Lideres das Entidades Nikkeis. Na época em que o evento foi criado,…
Leia mais


28 de novembro de 2013 0

Um mundo de ilusões e aparências estéreis

No fim deu tudo certo e consegui chegar na reuniao as 8 da matina. Peguei taxi com o taxista mais bem humorado do mundo. A reuniao foi bacana, tudo certo. E terminou com perguntas sobre a familia imperial japonesa (hahaha, nem todos passariam nesse teste). Talvez eu tenha um dia meio aborrecido e sonolento pela…
Leia mais


27 de novembro de 2013 0

Quer me ver (muito) mal humorada?

É simples, me acorde cedo. Eu o-de-io acordar cedo. Simplesmente odeio, odeio, odeio! E amanhã tenho uma reuniao às 08h00 com o cliente. Me desculpe quem acorda cedo, mas eu geralmente acordo nesse horário. hahaha…ou mais tarde, tipo 08h20, ou bem mais tarde, tipo 09h00. Que me desculpem os meus amigos que moram na Zona…
Leia mais


26 de novembro de 2013 0

Idas e vindas do amor

Esses dias meu amigo me perguntou: “Erika, e aquele engenheiro que voce estava saindo?”. Para quem nao sabe, a minha vida amorosa e sentimental é muito agitada e sempre cheia de novidades, sendo assim, confesso que tive que fazer um certo esforço mental para identificar o indivíduo ao qual meu querido amigo se referia. E…
Leia mais


24 de novembro de 2013 0